segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Pecuaristas participarão de campeonato de carcaças em Tangará da Serra

4ª etapa do Circuito Boi Verde acontece em Tangará da Serra (MT). O abate técnico acontece nos dias 1 e 2 de setembro no Frigorífico Marfrig, com premiação no dia 5.

A quarta etapa do Circuito Boi Verde de Julgamentos de Carcaças (CBV) acontece entre os dias 1 e 5 de setembro, no frigorífico Marfrig em Tangará da Serra, no Mato Grosso. A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil, com apoio do frigorífico Marfrig e da Associação dos Criadores de Nelore do Mato Grosso  (ACNMT), espera avaliar nesta etapa aproximadamente 500 animais da raça Nelore de 5 pecuaristas do estado do Mato Grosso e região.

A programação desta 4ª etapa de 2015 é composta por três dias de atividades, sendo que o primeiro dia, 1 de setembro, é reservado para a avaliação in vivo dos animais, o segundo dia, 2 de setembro, é dedicado ao abate técnico e avaliação das carcaças na indústria e no último dia acontece a premiação e confraternização dos participantes. A premiação será realizada no dia 5 setembro, no próprio frigorífico.

Durante a etapa todos os técnicos da associação e pecuaristas participarão dos três dias, acompanhando de perto todas as fases do circuito, para saber quem será o pecuarista campeão e saber qual lote estará dentro dos padrões exigidos com animais até 24 meses, acabamento de carcaça com gordura mediana ou uniforme e animais entre 17 e 21@ de peso.

Inscrições
Os pecuaristas interessados em participar da 4ª Etapa do CBV podem realizar a inscrição junto ao setor de compra de bovinos no frigorífico Marfrig de Tangará da Serra, pelo telefone (65) 3311-3800. Os lotes de animais da raça Nelore deverão ser inscritos em nome do proprietário com o número de animais até o início dos abates. Para participar do circuito não precisa ser sócio da ACNB e não há custo de inscrição.

Sobre o CBV
Após o início das operações do Programa de Qualidade Nelore Natural, os abates técnicos passaram a ter a nobre função de mapear o desempenho frigorífico da raça Nelore no país e orientar os seus participantes quanto aos parâmetros de melhor liquidez de mercado. Com o formato de uma competição anual, o Circuito Boi Verde de Julgamentos de Carcaças se propõe a mapear o perfil de carcaça dos animais Nelore criados com condições distintas, para proporcionar o intercâmbio de experiências e valorizar os criadores que se destacam.

Mais informações para imprensa com:

Danyella Alves Ferreira
Comunicação Nelore do Brasil
(11) 3293-8900 ou (11) 9 8506-0063 / imprensa@nelore.org.br

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Expoinel Nacional terá pela primeira vez uma etapa do Circuito ExpoCorte

 

Evento será nos dias 24 e 25 de setembro, no Parque Fernando Costa, em Uberaba e mostra como produzir o boi 7.7.7

Nos dias 24 e 25 a setembro, a cidade de Uberaba (MG) recebe pela primeira vez uma etapa do Circuito ExpoCorte, evento que percorre os principais polos de produção pecuária do País para difundir tecnologia e fomentar discussões sobre a cadeia produtiva da carne. O evento fará parte da programação da Expoinel Nacional, que ocorre de 17 a 27 de setembro, promovida pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB).

A edição deste ano do Circuito ExpoCorte discutirá como conseguir o boi 7.7.7, parâmetro de produção que preconiza a busca por animais com 7@ na desmama, 7@ na recria, 7@ na engorda e terminação e abate com 21@ aos 24 meses. O conceito, desenvolvido por pesquisadores do Polo Regional da Alta Mogiana, da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) e da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA) de São Paulo, permite produzir mais e melhor em menos tempo (no sistema tradicional, são necessários, no mínimo, três anos que para o animal atinja 18@), podendo aumentar em até 30% os lucros do pecuarista.

Em dois dias de workshop, palestras e discussões aprofundam as diversas etapas da vida do animal para obter o boi 7.7.7: ambiente produtivo, 7@ da vaca ao desmame, 7@ do desmame ao boi magro e 7@ do boi magro ao boi gordo. No último bloco do evento serão abordados temas como a importância e os resultados do uso de genética selecionada e melhorada da Raça Nelore, além das perspectivas e valorização da carne nelore frente ao consumidor, com o objetivo de apresentar iniciativas e experiências que estão sendo realizadas e que mostram que o Nelore é capaz de produzir uma carne diferenciada.

Além do workshop, os participantes do Circuito ExpoCorte poderão conferir as novidades tecnológicas apresentadas por empresas de referência na pecuária que participam da feira de negócios que compõe o evento.

“Ter um evento como o Circuito ExpoCorte é de extrema importância para uma exposição como a Expoinel. Estamos na 44ª edição, este é o maior evento de Nelore do Brasil, e Uberaba um centro de referência em termos de genética zebuína e ensino de ciências agrárias. A parceria entre ACNB, ABCZ e Verum trará um conteúdo completo, que tem sido sucesso nos principais centros pecuários do país. A expectativa é que o Circuito contribua para o aperfeiçoamento da pecuária regional e nacional, amplie a abrangência da Expoinel e leve ainda mais visitantes para Uberaba”, destaca o gerente executivo da ACNB, André Locateli.

Para a diretora da Verum Eventos, que promove o Circuito ExpoCorte, a proposta é inovadora ao agregar conteúdo técnico a um evento do porte da Expoinel Nacional, aproximando cada vez mais a pecuária de produção e a pecuária de elite. “Com isso, conseguiremos atrair novos participantes para a Expoinel e oferecer discussões e aplicação de tecnologia a quem já tradicionalmente participa do evento”, afirma Carla.

As inscrições para participar do Circuito ExpoCorte durante a Expoinel podem ser feitas pelo site www.circuitoexpocorte.com.br

Expoinel Nacional
A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), todos os anos, fecha o ano-calendário de exposições com a realização da Expoinel - evento que nos últimos anos se posicionou como o maior da raça Nelore no Brasil, de participação obrigatória para criadores e expositores que disputam o Ranking Nacional Nelore. A exposição é realizada sempre no mês de setembro, no Parque Fernando Costa, em Uberaba (MG).

A ACNB promove dez dias de exposição com aproximadamente mil animais da raça Nelore. Na programação estão os leilões oficiais da raça Nelore, julgamentos de animais Nelore, XI Expo Brahman (17 a 27 de setembro), 5ª Convenção Nacional das Associações de Nelore e como novidade, para esta edição, a exposição conta com a 17ª Exposição Nacional do Gir Leiteiro (17 a 27 de setembro) e com o Circuito Expocorte - etapa de Uberaba (24 e 25 de setembro).


Sobre o Circuito ExpoCorte
Além da etapa em Uberaba no mês de setembro, o Circuito ExpoCorte 2015 já foi realizado em Cuiabá (MT) no mês de março com a participação de 1.100 pessoas (90% pecuaristas) e em Campo Grande (MS) em julho, com 1.420 participantes (85% pecuaristas). As próximas etapas serão em Araguaína (TO) nos dias 29 e 30 de outubro, finalizando com Ji-Paraná (RO), em 25 e 26 de novembro.


Mais informações para a imprensa
Assessoria ACNB
Danyella Alves Ferreira - (11) 98506-0063 / imprensa@nelore.org.br

Assessoria Circuito ExpoCorte
Mariele Previdi - (11) 4022.6824 / (11) 99954-4626

Associado ACNB: Inscrições Gratuitas para o Circuito ExpoCorte em Uberaba (MG)


Além do Julgamento em Pista e dos Leilões Oficiais Nelore, teremos o Circuito‪ ExpoCorte‬ durante a 44ª ‪ Expoinel‬.
Associados e parceiros da ACNB podem enviar os dados para a associação e se inscrever GRATUITAMENTE‬! Não perca mais um circuito...
Envie nome completo, nome da fazenda/empresa, cpf e endereço completo para o e-mail imprensa@nelore.org.br!


Sobre a 44ª Expoinel...

Lembrete do Dia:
Na próxima segunda-feira, dia 31 de agosto, encerra o prazo de inscrições com DESCONTO para EXPOINEL 2015*. INSCREVA-SE JÁ:
(11) 3293-8900


quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Nelore Natural chega ao consumidor final




A carne Nelore Natural, fruto do Programa de Qualidade Nelore Natural - promovido pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil em parceria com o Marfrig Group, chegou à rede de supermercados COOPECICA, na cidade de Jundiaí, interior de São Paulo:






Expoinel 2015: Últimos dias de inscrições com desconto

Termina segunda-feira, dia 31 de agosto, o prazo de inscrições com desconto para 44ª Expoinel

As inscrições de animais para a maior exposição da raça Nelore, a Expoinel 2015, começaram no mês de julho. Na próxima segunda-feira, 31 de agosto, termina o prazo de inscrições com desconto para criadores que terão os seus animais competindo na pista de julgamento do Parque Fernando Costa, em Uberaba (MG). Promovida pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), neste ano a exposição acontece de 17 e 27 de setembro.

Até esta data (31/8), as inscrições podem ser realizadas através do e-mail ranking@nelore.org.br ou pelo telefone da associação (11) 3293-8900, pelo valor de R$275,00 para sócios da ACNB, com suas obrigações sociais em dia, e R$325,00 para não sócios. Após esta data, o valor sobe para R$325,00 para sócios da ACNB e R$375,00 para não sócios. O prazo final para as inscrições é no dia 18 de setembro.

Em sua 44ª edição, a exposição vai reunir os principais criadores de Nelore, técnicos, estudantes, jurados de pista e todos os amigos da raça Nelore, para trocas de experiências e informações, e para fortalecer os laços do Nelore.

A entrada dos animais acontece de 14 a 18 de setembro, com a data base no dia 18. E o julgamento do Nelore ocorre de 20 a 27 de setembro e Nelore Mocho de 25 a 27 de setembro. A programação da exposição conta com 11 Leilões Oficiais Nelore, com o Circuito Expocorte Etapa Uberaba, com a ExpoBrahman e também com a exposição Nacional do Gir Leiteiro.

Sobre a Expoinel
A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), todos os anos, fecha o ano-calendário de exposições com a realização da Expoinel - evento que nos últimos anos se posicionou como o maior da raça Nelore no Brasil, de participação obrigatória para criadores e expositores que disputam o Ranking Nacional Nelore. A exposição é realizada sempre no mês de setembro, no Parque Fernando Costa, em Uberaba (MG).

A ACNB promove dez dias de exposição com aproximadamente mil animais da raça Nelore. Durante a semana acontece a entrada dos animais no parque, as pesagens e diagnósticos de gestação, os julgamentos do Nelore e Nelore Mocho, 10 leilões oficiais e, neste ano, o Circuito ExpoCorte. A Expoinel está em sua 44ª edição e, há 3 anos, abriga também a Expobrahman, realizada pela Associação dos Criadores de Brahman do Brasil (ACBB).  Mais informações www.nelore.org.br e www.facebook.com/neloredobrasiloficial



Mais informações para imprensa com:
Comunicação ACNB
Danyella Alves Ferreira - (11) 98506-0063 - imprensa@nelore.org.br

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Circuito Boi Verde passa pelo sul do Pará

São Paulo, 24 de agosto de 2015 – Com mais de 150 etapas realizadas e 99 mil animais avaliados, o Circuito Boi Verde de Julgamento de Carcaças está em seu 14º ano de atividades. Neste ano, as cidades de Colatina (ES) e Bataguassu (MS) já receberam o circuito, com 1.620 animais abatidos. A terceira etapa de 2015 aconteceu no frigorífico JBS, na cidade de Redenção, região sul do Pará, entre os dias 12 e 15 de agosto e somou 460 animais avaliados, de 7 pecuaristas do Pará e região. 


Em 2014 foram 6 etapas realizadas, com 62 pecuaristas inscritos e 5.557 animais abatidos. Neste ano, a Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), em parceria com os frigoríficos de todo o Brasil, espera superar esses números e mostrar que a raça Nelore tem sim potencial para produzir animais de qualidade. “O objetivo do circuito é passar por diversas regiões do Brasil e promover a integração e troca de informações entre os pecuaristas, técnicos e gerentes das fazendas participantes”, declarou Guilherme Alves, gerente de produto da ACNB.
 
No dia 12 de agosto teve início a 3ª etapa do Circuito Boi Verde, com a avaliação in vivo dos 9 lotes de machos da raça Nelore, que somaram 460 animais. Os técnicos da ACNB, junto com a equipe da compra de gado do frigorífico JBS de Redenção, avaliaram todos os animais nos currais do frigorífico, e contaram também com a presença de alguns pecuaristas, que acompanharam todo o trabalho. Dia 13 de agosto, quinta-feira, foi o dia do abate técnico, onde os animais foram classificados e avaliados de acordo com peso, acabamento de carcaça e idade.

Segundo Alves “Esse é um jeito de mostrar o potencial do Nelore no Pará e sinalizar para os pecuaristas o que mercado está buscando, que tipo de boi que o mercado exige. A etapa de Redenção cresce a cada ano e nós da associação estamos muito felizes com a participação dos pecuaristas”. E completou “o futuro da pecuária de corte é abater animais pesados e bem acabados, estamos mostrando que o Nelore é rentável em confinamento e no pasto também”.
 
Com apoio da DSM Tortuga, Zoetis/Bopriva e do Frigorífico JBS, o circuito teve sete pecuaristas participantes, foram eles: Alcino Vilela de Rezende Filho, da Fazenda Estrela de Prata; Agropecuária Santa Barbara, com a Fazenda Espírito Santo de Xinguara; Cezar Augusto Bernieri, Fazenda Três Pinheiros; Floresteca Brasil com a Fazenda Arpa; Fazenda Santa Tereza; José Eduardo Cavalcanti de Mendonça da Fazenda Rochedo; e Lucélio Martins de Oliveira, Fazenda Lagoa da Serra;
 
Do total de animais participantes desta etapa (460 animais), 50% apresentaram acabamento de carcaça mediano, 88% dos animais pesaram entre 17 e 21@ e 73% dos animais tinham até 24 meses (novilhos precoces). O 1º lugar da etapa de Redenção ficou com a Agropecuária Santa Barbara Xinguara, com um lote de 108 machos, onde 85,2% apresentaram acabamento de carcaça mediano ou uniforme, 97,2% dos animais pesaram entre 17 e 21@ e 86% dos animais tinham até 24 meses (novilhos precoces). A Agropecuária Santa Barbara Xinguara também ficou com o prêmio de 2º lugar e recebeu, além dos troféus de 1º e 2º lugar, uma tonelada de produtos da DSM Tortuga e 50 doses de vacinas Bopriva, da Zoetis para castração. O 3º colocado foi Floresteca Brasil Ltda.

Resultados de todos os lotes do 1º ao 9º colocado:














O Circuito Boi Verde já tem mais três etapas confirmadas para as cidades de Tangará da Serra (MT), dias 1 e 2 de setembro, Mineiros (GO) em 1 e 2 de outubro e Nova Andradina (MS) nos dias 20, 21 e 22 de outubro de 2015. A ACNB recomenda os produtos DSM | Tortuga e incentiva o uso da vacina Bopriva da Zoetis.
 
Sobre a ACNB
Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 7 de abril de 1954. Sua sede está localizada na capital paulista. Possui ainda um escritório junto à sede da ABCZ – Associação Brasileira dos Criadores de Zebu, em Uberaba/MG. Tem por finalidade integrar criadores, invernistas e demais pecuaristas em torno de um objetivo comum: fortalecer e defender a raça que representa 80% do rebanho de corte nacional. Este ano a ACNB completou 61 anos de existência.
 
Mais informações para imprensa com:
Assessoria de Imprensa Nelore do Brasil: 
Danyella Alves Ferreira – (11) 9 8506-0063 / imprensa@nelore.org.br

AGENDA CIRCUITO BOI VERDE:

Prepare-se para as próximas etapas do Circuito Boi Verde de Julgamentos de Carcaças: O Circuito Boi Verde é um Campeonato de Carcaças que ocorre em diversas regiões do Brasil, promovido pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB). Os participantes não precisam ser associados da ACNB! Para participar basta enviar um ou mais lotes de animais da raça Nelore com até 24 meses, para o Frigorífico participante de cada etapa. Eles serão avaliados pela idade, peso e acabamento de carcaça. Todos os pecuaristas, técnicos e gerentes poderão acompanhar o abate de todos os lotes e trocar experiências e informações com os técnicos da ACNB e demais pecuaristas. O vencedor de cada etapa ganha 50 doses de vacina Bopriva para castração de bovinos da Zoetis e 1 Tonelada de Produtos da DSM Tortuga, além do troféu de campeão. Vale a pena participar!


quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Leilões Oficiais nos dias 21 e 22 de agosto

A programação dos Leilões Oficiais da ACNB não para! Neste final de semana temos dois importantes leiloes:

Leilão Reserva Expogenética, dia 21 de agosto, 21h pelo Terraviva.

Com animais 100% avaliados no Gene Plus, o Leilão Reserva Expogenética ofertará 62 lotes selecionados com o melhor de reprodutores e matrizes Nelore PO. O leilão será presencial no Tatersal Rubico Carvalho e ao vivo pelo Canal Terraviva, no dia 21 de agosto, às 21 horas, direto do Parque Fernando Costa em Uberaba, Minas Gerais.

Os promotores do leilão - Fazenda Araponga do Senhor Shiro Nishimura e Fazenda Santa Catarina da AC Proteína, assim como seus convidados - mantém um trabalho de seleção e melhoramento da raça Nelore em parceria com o Programa Embrapa de Melhoramento de Gado de Corte, o Geneplus.

A parceria alia ferramentas de registro genealógico da ABCZ e as mais modernas tecnologias de avaliação genética, para manter o vínculo de confiança junto aos seus clientes, oferecendo material genético de qualidade para a melhoria dos índices de produtividade e lucratividade da pecuária de corte nacional.

O Leilão Reserva Expogenética Reprodutores e Matrizes Nelore PO é oficial pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB).

Não perca esta oportunidade!

Leilão 25 anos da Sabiá, dia 22 de agosto, às 12h30 com transmissão pelo Canal Rural.

A Fazenda do Sabiá, Fazenda Mata Velha e Fazenda Terra Boa se juntaram neste ano para comemorar os 25 anos da Fazenda do Sabiá na tarde deste sábado, 22 de agosto. Com início às 12h30 e transmissão ao vivo pelo Canal Rural, o leilão presencial na sede da Sabiá ofertará 65 lotes da raça Nelore.

Serão lotes de fêmeas de elite, machos e fêmeas de produção de selecionadores de destaque no Brasil, são eles: Fazenda do Sabiá, Fazenda Mata Velha, AgroZurita,  Agropecuária 2L , Grupo Carthago, Grupo Camargo,  Grupo Monte Verde, Nelore Integral, Nelore Cristal, entre outros.

Alguns lotes de destaque estarão neste leilão com DOLORES FIV DA SABIÁ que foi Reservada Campeã Bezerra na Expoinel Paulista 2015, COLUMBIA FIV DA SABIÁ uma doadora premiadíssima em pista, vale a pena conferir.

O leilão Sabiá 25 anos é oficial pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB).

terça-feira, 18 de agosto de 2015

O Fim do Peneirão? – Por André Bartocci

Pecuarista, Diretor da ACNB e formado em Direito. Realiza recria e engorda com Integração Lavoura e Pecuária na Fazenda Nossa Senhora das Graças, em Caarapó (MS).

Um grande navio pesqueiro navega nas águas Tropicais do Atlântico. Ha vários dias os marujos pescam no sistema Peneirão com relativo sucesso. Porém em uma manhã, o chefe da pesca se dirige ao Capitão do navio e diz:
 
– A Peneira furou…
 
O Capitão pensativo, conclui como seu marujo, que terão de pescar com anzóis e varas!
 
Há mais de 20 anos a Indústria frigorífica se utiliza de uma criativa forma de compra de bovinos, ela compra a maior quantidade possível sem seleção e transfere toda esta variedade de cores, tamanhos e etnias para que a sala de desossa e o setor de vendas façam a mágica de transformar este desfile carnavalesco em resultado financeiro.
 
Com este sistema os frigoríficos amenizam dois graves problemas da cadeia da carne brasileira o primeiro é a heterogeneidade de um rebanho de 200 milhões de animais espalhados pelo nosso país-continente, o segundo é a capacidade de abate de uma Indústria que esta pronta para uma produção que somente chegará em 2020 (muito ociosa!).
 
Logicamente o relacionamento da indústria e do produtor no Brasil traçou uma forma diferente de outros grandes players da carne, principalmente por que aqui temos uma grande variedade de sistemas produtivos e conseqüentemente de produtos. Nos EUA, na Austrália e mesmo no Uruguai os sistemas produtivos são bem mais homogêneos. O sangue zebu do nosso bife também explica esta diversidade devido a sua grande adaptabilidade de produtos puros ou cruzados.
 
Devido a nossa geografia e clima distintos, temos lotes sendo criados em piquetes rotacionados de 1 ha até vacas que caminham 10 kilômetros para beber água, bois gordos que consumiram somente umidícula em toda sua vida, até sistemas onde novilhos são abatidos aos 12 meses com alto consumo de grãos todos os sistemas economicamente viáveis e produtivos.
 
Outro ponto diferencial do nosso rebanho é a grande quantidade de animais abatidos que vem da atividade leiteira. Devido à baixa produtividade, nosso rebanho leiteiro é muito grande (o Brasil tem uma alta relação Vaca X Litro de Leite) que automaticamente contribui todos os anos com a reposição de muitos pecuaristas de corte.
 
E logicamente independente da qualidade destes animais e seus sistemas produtivos, o produto final, a carne não é padronizada.
 
O Sistema Peneirão utilizado por 90% dos frigoríficos brasileiros consegue conviver com esta diversidade e falta de padronização. Eles resolvem esta equação extraindo do grande volume a qualidade da seguinte forma: o peso, o rendimento de carcaça e as premiações são definidos dentro da Indústria. Da mesma forma ele soluciona problemas de conformação, contusões, cisticercose, idade e resíduos debitando estes valores na fatura do Pecuarista após o abate.
 
O sistema também permite que a equipe de compra de um frigorífico seja composta por duas pessoas com duas linhas telefônicas e uma planilha de escala de abate. Este complexo sistema de compra consegue comercializar até 200 mil animais em um ano sem sair do escritório e sem sequer visitar qualquer de seus fornecedores, utilizando técnicas de telemarketing com frases curtas: ”Boi, R$120,00. Embarca segunda.”
 
Os produtores aceitaram e se adaptaram também ao Peneirão. Quando sai para comprar, o Pecuarista procura um “Bezerro Bom”. No máximo inclui alguns adjetivos como: “Quero Nelore” ou “Estou Procurando Cruzados”. Raramente se fala em genética, linhagem, frame, marmoreio, precocidade ou estado corporal. Não existe uma definição de como vai ser o produto final ou para qual mercado este animal vai ser vendido.
 
Também por conhecer o Peneirão, produtor de modo geral limita a qualidade dos bois fornecida para os frigoríficos, pois ele sabe que o sistema beneficia produtores que produzem um pouco abaixo da média (e conseqüentemente com custos mais baixos) e prejudica produções de alta qualidade.
 
Esta mesma qualidade limitada é colocada à venda nas gôndolas pelo Varejo. Em geral esta carne bovina de qualidade mediana é “pendurada” ao lado de modernos, chamativos e coloridos balcões de frangos suínos e seus derivados para que o Consumidor faça sua escolha. A Cadeia de Frango e Suíno há muitos anos abandonou o Peneirão!
 
O lado perverso destas características da cadeia da carne é que ela dificulta parcerias e afasta os seus elos. Perpetuando uma qualidade medíocre para a carne.
 
Porém em 2015 a peneira deu sinal que pode estar com problemas. A coincidência do pico do ciclo de alta do preço da arroba com uma demanda de consumo fraca do país, esta castigando duramente a Indústria e colocando o incrível sistema em cheque. Se a indústria compra pouco não tem como retirar dali tanta qualidade, da mesma forma o gado inferior comprado encarece o preço médio do dia. Além disto, a ociosidade pode ser fatal.
 
O processo de mudança também é estimulado por pecuaristas mais capacitados e mais produtivos que perceberam que para se manterem competitivos comparados a outros tipos de exploração agrícola, deverão agregar mais valor a cada quilo de carne produzido. Iniciativas como cooperativas verticalizadas e associações especializadas em carnes superiores começam a surgir. Este é o começo da mudança.
 
Talvez a cadeia precise pensar em uma forma mais eficiente de comercio, a Indústria deverá definir o que quer e o produtor deverá se alinhar a este pedido. E logicamente todos deverão respeitar e olhar mais para o Rei Consumidor. Com certeza Produtor, Indústria e Varejo deverão traçar estratégias para influenciar e fomentar o consumo.
 
O Novo Sistema de compra deverá se parecer menos com a pesca de rede e mais com a pesca com varas e anzóis. Ele requer pessoas mais especializadas, processos mais definidos, Produtores mais conscientes. Necessita de confiança entre os elos! Se quiserem lambaris, deverão colocar pequenas iscas, já se quiserem Jaús os equipamentos serão bem mais pesados.
 
Neste novo sistema o Produtor deverá definir o mercado que venderá seus bois antes de decidir que linhagem de sêmem vai comprar.
 
Estas mudanças, como tudo em uma Pecuária Continental-Tropical, estão ocorrendo lentamente. Parceria, Transparência e Confiança será a essência deste novo sistema.
 
Alguns participantes da cadeia já praticam esta nova modalidade, outros talvez precisem de novas crises e tsunamis para rebocá-los.
 
Por André Bartocci, pecuarista, diretor da ACNB e formado em Direito. Realiza recria e engorda com Integração Lavoura e Pecuária na Fazenda Nossa Senhora das Graças, em Caarapó – MS.

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

GALERIA CIRCUITO BOI VERDE: 3ª ETAPA DE 2015 EM REDENÇÃO, PARÁ

Entrega de premiação será no dia 15 de agosto na Chácara Mafra, durante o 5º Leilão Touros Mafra Agropecuária. Contamos com a presença de todos os pecuaristas para prestigiar os três primeiros colocados do circuito!

Animais da raça Nelore pré abate - CBV Redenção

Animais da raça Nelore pré abate - CBV Redenção

Animais da raça Nelore pré abate - CBV Redenção

Equipe pré abate - CBV Redenção, na avaliação in vivo dos animais.

Carcaças dos animais Nelore abatidos no Circuito Boi Verde.

Equipe ACNB, Compra de Gado JBS, Pecuaristas, Gerentes de Fazendas e Técnicos em Nutrição Animal.


1º LEILÃO VIRTUAL NELORE JACURICY AMANHÃ 11H PELO CANAL TERRAVIVA

A primeira edição do leilão virtual Nelore Jacuricy acontece amanhã, ao vivo para todo o Brasil no Canal Terraviva. A transmissão é feita pelo canal e também pelo site www.tvterraviva.band.com.br

Vale a pena conferir os lotes dos animais Nelore PO para esta primeira edição.

Além da transmissão virtual, os promotores terão um ponto de encontro na Fazenda São Domingos, em Conceição do Jacuípe na Bahia.

Mais informações em (75) 3603-7400 ou (75) 3223-4205. O 1º Leilão Virtual Nelore Jacuricy é oficial pela ACNB! Não perca esta oportunidade!

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

13° Leilão do Copa acontece amanhã

Serão 24 lotes de excelência e muita qualidade no Copacabana Palace

Um leilão de destaque para o Nelore de Elite, 13° leilão do Copa, acontece no Rio de Janeiro, dia 14 de agosto, às 21 horas. Promovido pelo Grupo Monte Verde e Zamlutti Agropecuária, os criadores responsáveis e suas famílias esperam todos os amigos Neloristas, para mais uma edição do leilão, que promete, por mais um ano, manter a grandiosidade, glamour e qualidade dos animais apresentados no leilão.

Os 24 lotes que serão ofertados, são de animais de destaque e importantes para o cenário nacional. O principal lote da noite de sexta-feira, dia 14, está por conta da Jovem doadora, e atual campeã Progênie Jovem de Mãe da Expozebu 2015: SAMMA FIV COMAPI. As suas três primeiras filhas, de diferentes pais, já colecionam muitos campeonatos em pista. A doadora será comercializada em 33%.

“O 13º Leilão do COPA, assim com em suas edições passadas, está sendo preparado por todos os envolvidos e colaboradores com muito empenho e carinho, e essa combinação nos dá a certeza de mais um ano de glória para raça Nelore nos belíssimos salões do Copacabana Palace. Contamos com a presença de todos no dia quatorze”, declarou o criador do Grupo Monte Verde, Felipe Picciani.
Este leilão fez história na elite do Nelore, é um leilão que quebrou alguns paradigmas com a venda do primeiro clone da raça Nelore do mundo, com a difusão do conceito de famílias e também bateu recordes de comercialização com a exibição de animais apenas por telões. E agora fará toda sua campanha com o compromisso com a natureza, de forma sustentável, totalmente digital, com catálogo e transmissão via web, pelo site www.remateweb.com.


O 13° Leilão do Copa é oficial pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB).

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Congresso Brasileiro das Raças Zebuínas acontece durante a ExpoGenética em Uberaba/MG

  

Uma fazenda em Barra do Garças (MT), que investe em ciclo completo, tem margem de R$ 1.926,00 por hectare. Outra, na mesma região, tem lucro de apenas R$ 32,42 por hectare. Qual a diferença entre eles? Por que um projeto tem resultado econômico tão superior ao outro? A resposta é o uso de genética.

Essa é uma das conclusões de inédito estudo do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, realizado a pedido da ABCZ que comparou os resultados obtidos por propriedades que têm rebanhos (bovino de corte ou de leite) com genética zebuína provada e outras consideradas típicas (ou modais).

Segundo Sergio De Zen, professor da Esalq/USP e pesquisador do Cepea e responsável pelo trabalho, “a pesquisa comprovou o ganho de produtividade da fazenda como um todo, o que é especialmente importante no contexto de valorização da terra e de necessidade de melhor aproveitamento de todos os recursos naturais”.

De Zen detalhará a contribuição da genética zebuína na pecuária em sua apresentação no 9º Congresso Brasileiro das Raças Zebuínas, no dia 18 de agosto de 2015, a partir das 8h, no Parque Fernando Costa, em Uberaba (MG).

O Congresso ocorrerá simultaneamente à 8ª ExpoGenética e discutirá, entre outros temas, os avanços na pecuária zebuína relacionados a produção, sustentabilidade, genômica e produtividade, entre outros tópicos. 
“A ExpoGenética e o Congresso Brasileiro das Raças Zebuínas se tornaram referências sobre as novidades e atualizações relacionadas à pecuária zebuína no país. Assim, os dois eventos devem receber produtores, técnicos, especialistas e consultores de todas as regiões e também do exterior, transformando Uberaba, mais uma vez, na capital do zebu mundial”, ressalta Luiz Claudio Paranhos, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), organizadora dos eventos.

Faça sua inscrição para o Congresso através do link: http://www.abcz.org.br/Exposicoes?expo=ExpoGenetica

PROGRAMAÇÃO OFICIAL – 9ª Congresso Brasileiro das Raças Zebuínas

17 de agosto (2ª feira)

Genética e Sustentabilidade

8h - Abertura oficial

8h30 - Dimensões da sustentabilidade na pecuária brasileira: desafios e oportunidades. Geraldo Bueno Martha Júnior - Coordenador-Geral do Sistema Embrapa de Inteligência Estratégica – Agropensa

10h - Intervalo

10h30 as 12h - Mesa redonda

Moderador: Luiz A. Josahkian - ABCZ

Participantes: Fabyano Fonseca e Silva - UFV

Fernando Flores Cardoso - Embrapa Pecuária Sul

José Aurélio Garcia Bergmann - UFMG

Henrique Torres Ventura - ABCZ


18 de agosto (3ª feira)

Genética e Economia

8h30 - O que a genética pode agregar de valor na produção animal? 

Sérgio De Zen

Professor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz – ESALQ/USP

10h - Intervalo

10h30 às 12h - Mesa redonda

Moderador: Juan Lebrón Casamada - ABCZ

Participantes: Sérgio de Zen - ESALQ

Lenira El Faro Zadra - Instituto de Zootecnia - APTA

Urbano Abreu – Embrapa Pantanal

Carlos Henrique Cavallari Machado - FAZU



19 de agosto (4ª feira)

A Genômica na seleção das raças zebuínas.

8h - Estado da arte da seleção genômica nas raças zebuínas de corte e os desafios futuros. 

Luciana Correia de Almeida Regitano – Pesquisadora da Embrapa Pecuária Sudeste

9h15 - Estado da arte da seleção genômica nas raças zebuínas leiteiras e os desafios futuros.

Maria Gabriela Campolina D. Peixoto - Embrapa Gado de Leite

10h30 - Intervalo

11h às 12h - Mesa redonda

Moderador: Luiz A. Josahkian - ABCZ

Participantes:

Luciana Correia de A. Regitano – Pesquisadora da Embrapa Pecuária Sudeste

Maria Gabriela Campolina D. Peixoto - Embrapa Gado de Leite

Vânia Maldini Pena - CBMG

Aníbal Eugênio Vercesi Filho – Instituto de Zootecnia - APTA

Informações adicionais: www.abcz.org.br

Programação da EXPOINEL 2015


A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) divulgou a programação da 44ª edição da Expoinel, que acontece de 17 a 27 de setembro, no Parque Fernando Costa, em Uberaba (MG).

Na programação estão os leilões oficiais da raça Nelore, julgamentos de animais Nelore, XI Expo Brahman (17 a 27 de setembro), 5ª Convenção Nacional das Associações de Nelore e como novidade, para esta edição, a exposição conta com a 17ª Exposição Nacional do Gir Leiteiro (17 a 27 de setembro) e com o Circuito Expocorte - etapa de Uberaba (24 e 25 de setembro).

As inscrições dos animais podem ser feitas por e-mail em ranking@nelore.org.br ou pelo telefone da ACNB (11) 3293-8900. O prazo final para as inscrições é no dia 18 de setembro, no mesmo dia da data base, data em que é feito o cálculo de idade dos animais participantes, para a divisão das categorias em que os animais disputam durante a exposição, e nos campeonatos do Ranking do Nelore.

Neste ano, a entrada dos animais acontece de 14 a 18 de setembro. O valor das inscrições/argolas dos animais, reservadas até o dia 31 de agosto, é de R$275,00 para sócios da ACNB, com suas obrigações sociais em dia, e R$325,00 para não sócios. Após esta data, o valor sobe para R$325,00 para sócios da ACNB, com suas obrigações sociais em dia, e R$375,00 para não sócios.

Os julgamentos acontecem de 20 a 27 de setembro para Nelore, e 25 a 27 de setembro para Nelore Mocho, e será conduzido pelos jurados do colégio de jurados da ABCZ e ACNB. A ACNB, em conjunto com a ABCZ e CJRZ, definiu os nomes dos jurados que atuarão na 44ª Expoinel. Confira:

Nelore
Gilmar Siqueira de Miranda
Horácio Alves Ferreira Neto
Carlos Alberto Marino Filho

Nelore Mocho
Luis Sérgio Junqueira Amaral

O evento conta com 11 leilões oficiais, sendo eles:

36° Leilão Anual Carpa, no dia 19 de setembro; Leilão Nelore Colorado e HVP, Leilão Virtual ACNB & Amigos, no dia 20 de setembro; Leilão Perboni e Convidados, dia 21 de setembro; Leilão Virtual Nova Geração da Sabiá, dia 22; Leilão Nelore Jop, em 23 de setembro; Leilão Pérolas do Nelore, dia 24 de setembro; Leilão Prenhezes de Clones Geneal, Leilão Terras do Nelore 2015, no dia 25; Leilão Joias da Raça e Leilão EAO & Guadalupe, dia 26 de setembro.


A 44ª Expoinel conta com apoio da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), DSM Tortuga, Programa Leilões, Chevrolet, V-Max, Ourofino Saúde Animal, Santander, Geneal – Genética e Biotecnologia Animal e Revista Nelore.

Sobre a Expoinel

A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), todos os anos, fecha o ano-calendário de exposições com a realização da Expoinel - evento que nos últimos anos se posicionou como o maior da raça Nelore no Brasil, de participação obrigatória para criadores e expositores que disputam o Ranking Nacional Nelore. A exposição é realizada sempre no mês de setembro, no Parque Fernando Costa, em Uberaba (MG).

A ACNB promove dez dias de exposição com aproximadamente mil animais da raça Nelore. Durante a semana acontece a entrada dos animais no parque, as pesagens e diagnósticos de gestação, os julgamentos do Nelore e Nelore Mocho, 10 leilões oficiais e, neste ano, o Circuito ExpoCorte. A Expoinel está em sua 44ª edição e, há 3 anos, abriga também a Expobrahman, realizada pela Associação dos Criadores de Brahman do Brasil (ACBB).  Mais informações www.nelore.org.br e www.facebook.com/neloredobrasiloficial

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Amigos Neloristas do Pará - Circuito Boi Verde em Redenção começa dia 12 de agosto




O abate técnico acontece nos dias 12 e 13 de agosto no Frigorífico JBS, com premiação no dia 15 

A terceira etapa do Circuito Boi Verde de Julgamentos de Carcaças (CBV) acontece entre os dias 12 e 15 de agosto, no frigorífico JBS em Redenção, no Pará. A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil, com apoio do frigorífico JBS e da Associação dos Criadores de Nelore do Norte do Brasil (ACNNB), espera avaliar nesta etapa aproximadamente 600 animais da raça Nelore de 10 pecuaristas do estado do Pará e região.

 

 

A etapa de Redenção, completa 4 anos em 2015, e a programação desta 3ª etapa de 2015 é composta por três dias de atividades, sendo que o primeiro dia, 12 de agosto, é reservado para a avaliação in vivo dos animais, o segundo dia, 13 de agosto, é dedicado ao abate técnico e avaliação das carcaças na indústria e no último dia acontece a premiação e confraternização dos participantes. A premiação será realizada no dia 15 de agosto, na Chácara Agropecuária Mafra.

De acordo com Guilherme Alves, Gerente de Produto da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil e responsável pela realização das etapas do circuito - "Redenção é a única região do estado do Pará que recebe o Circuito Boi Verde. Por isso, é de extrema importância a divulgação do trabalho dos pecuaristas participantes, que querem cada vez mais, elevar a qualidade de seus animais".

Inscrições
Os pecuaristas interessados em participar da 3ª Etapa do CBV pode realizar a inscrição junto ao setor de compra de bovinos no frigorífico JBS de Redenção. Os lotes deverão ser inscritos em nome do proprietário com o número de animais até o início dos abates. Para participar do circuito não precisa ser sócio da ACNB e não há custo de inscrição.

Sobre o CBV
Após o início das operações do Programa de Qualidade Nelore Natural, os abates técnicos passaram a ter a nobre função de mapear o desempenho frigorífico da raça Nelore no país e orientar os seus participantes quanto aos parâmetros de melhor liquidez de mercado. Com o formato de uma competição anual, o Circuito Boi Verde de Julgamentos de Carcaças se propõe a mapear o perfil de carcaça dos animais Nelore criados com condições distintas, para proporcionar o intercâmbio de experiências e valorizar os criadores que se destacam.

Mais informações para imprensa com:
Danyella Alves Ferreira
Comunicação Nelore do Brasil
(11) 3293-8900 ou (11) 9 8506-0063 / imprensa@nelore.org.br




quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Leilão Espírito do Nelore acontece sábado em Vila Velha


A III Expoinel Vila Velha recebe neste ano mais um leilão oficial da raça Nelore, como parte de sua programação. O Leilão Espírito do Nelore acontece no dia 8 de agosto às 21 horas, na Fazenda Paraíso e terá 31 lotes especiais entre doadoras, novilhas e bezerras de pista. Serão quatro promotores mostrando o que tem de melhor do Nelore, são eles: Nelore Heringer, Agropecuária Meneghelli, Xuab Agropecuária e Grupo Carthago.


Pela primeira vez este leilão será realizado na sede do Grupo Heringer, na Fazenda Paraíso, onde ocorre a Expoinel Vila Velha. Todos os lotes foram selecionados para melhor atender os investidores que estão em busca de uma jovem doadora, um animal de pista ou um animal de família consagrada.


Cada promotor ofertará um animal de destaque com a Bonanza-neta da Fairani AJJ da Nelore Heringer, Glava 3-filha da Big Salsa da Agropecuária Meneghelli, Eleka-filha da Maharash 5 da Xuab Agropecuária e Mayana 18-filha da Mayana JNF do Grupo Carthago.


“O leilão nasce da amizade de quatro amigos de diferentes regioes (ES, RJ, MG e GO) que se uniram e nao mediram esforços para realizarem um leilão de nível nacional. Juntos com um seleto grupo de convidados estarão ofertando animais de qualidade inquestionável nacionalmente. Temos certeza que esse primeiro leilão será um dos principais no calendário da raça em 2015”, declarou Wagner Peroto da SAP Assessoria Pecuária.